terça-feira, 9 de julho de 2013

Meus sentimentos

Olá, pessoal, tudo joia? Faziam duas semanas que eu não postava, o assunto no noticiário é sempre o mesmo, protestos, manifestações, o governo tentando tapar o sol com a peneira... Eu não aguento mais ouvir falar no assunto, e não tem nada que alguém já não tenha dito sobre isso.
Por isso, hoje vou fazer uma coisa que pouco faço: escrever sobre meus sentimentos. Tenho muito a escrever hoje, porque estou sem ir a psico desabafar, então... tadinho de quem ler hoje...
Voltei a falar com uma pessoa que não falava a algumas semanas. E é imprecionante como essa pessoa tem o poder de me fazer voltar tudo que eu achava que não sentia mais... Um sentimento que eu sei que é platônico e não é recíproco, mas não consigo evitar... Acho que tenho um Q de masoquismo na minha excencia. E ao mesmo tempo que eu sei de tudo isso, não quero me afastar, pois essa pessoa me desperta meu lado mais corajoso, mais bonito, mais brilhante e feliz. Podem dizer que to louca, eu aceito e concordo, e é quando volto a falar com essa pessoa que tenho certeza que preciso de terapia.
Amanhã vou fazer uns exames para saber realmente o que eu tenho quanto a meu problema muscular. Não vou negar que to morrendo de medo. Medo de descobrir que meu problema é progressivo, medo de ter a perspectiva de quando ficar velhinha estar numa cadeira de rodas ou algo pior... Mas ao mesmo tempo, tenho quase certeza que não é nada disso. Algo me diz que se fosse pra o problema progredir já teria progredido a tempos, e acho até que não tenho problema algum, é apenas falta de exercicios físicos... Mas assim que tudo sair conto a vocês na próxima semana.
Utimamente tenho tido uma vontade imensa de escrever. Mas não apenas no blog, escrever de forma proficional, uma coluna, um livro... Não tenho o mínimo talento para historias de ficção, tenho problemas ortograficos terriveis e não sou jornalista, mas não consigo tirar a idéia da cabeça. Até já estive pensando em sobre o que escrever, mas por enquanto, nada me veio à mente.
Então é isso, pessoas, estou com a cabeça a mil, os sentimentos confusos e borbulhantes e desejando ter muita coisa para fazer e em nada pensar. Desejo me cansar muito, a ponto de deitar na cama e capotar para não pensar. Até semana que vem, com um assunto jornalístico, eu espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!