sábado, 23 de novembro de 2013

Triste

Boa noite pessoal. Tudo joia? Bem, pelo título, vocês já perceberam que eu não estou legal. Vou explicar porque. Hoje houve um acidente aqui na minha cidade, onde uma criança acabou falecendo. Na verdade foi um insidente, já que foi uma dessas danadisses infantis. Eu não conhecia o garoto pessoalmente, mas era aluno da escola onde minha mãe trabalha, então já ouvi falar muito dele, já que era um desses alunos que marca pela sua danadisse infantil. Daí, de uns anos pra cá, me tornei alguém muito sencivel aos acontecimentos, principalmente quando eles envolvem crianças. E fiquei me perguntando: por que com esse menino? Eu, como espírita que sou e que fiz uma palestra sobre o assunto a muito pouco tempo atrás,já deveria saber todas essas respostas. Na verdade eu sei, mas não consigo ficar imune a uma morte infantil tão estúpida, por um motivo tão idiota... Estou muito mal, e não deveria estar assim. Deveria rezar para que ele encontre a ajuda que precisa quando chegar ao plano espiritual e é o que vou fazer, mas infelizmente essa pergunta não pára de ecoar na minha cabeça: por quê? E quando eu for orar por ele, vou pedir desculpas a Deus por questionar seus designos, por querer saber mais do que ele próprio, por não conseguir colocar em prática tudo que me foi ensinado e tudo que eu mesma tentei ensinar a alguém, sendo que nem eu mesmo consegui aprender. E isso me faz questionar se eu deveria estar lá no centro dando palestras sobre coisas que eu não consigo aceitar. Mas enfim, talvez amanhã eu pense diferente e mude de idéia. Só sinto saudades de um tempo quando eu não era tão sencivel, de quando eu não sentia nada... De vez em quando sinto saudades dessa outra Taís. Me desculpem a melancolia de hoje, mas como esse blog foi criado para falar o que eu sinto, pra não enlouquecer, precisava disso. Beijos a todos e prometo da próxima vez escrever sobre algo mais feliz. Ah, outra coisa, se a palavra sencivel estiver escrito de forma errada, me perdoem, mas não tô com a mínima disposição pra procurar como escreve.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Pois é sensível é com s. mas o que importa é que és sensível independente da escrita, isso só mostra que tu sabes te colocar no lugar do outro, por mais que não conheças a pessoa, mas sabes o quanto a família deve estar sofrendo, não precisa pedir desculpas. Na vida todos nós devemos aprender a se colocar no lugar do outro, independente do laço afetivo.

    ResponderExcluir

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!