quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

APOSENTADORIA ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIENCIA.

Olá, pessoal, como vão? Esses dias me deparei com um abaixo assinado para a regulamentação da aposentadoria especial para pessoas com deficiencia, que já existe, mas não há uma lei complementar tornando isso oficial. Por isso, resolvi opinar sobre o assunto. A constituição federal diz que devemos tratar com igualdade os iguais e com desigualdade os desiguais para compençar suas diferenças. Ou seja, devemos tratar todos de forma igual, nem que para isso, tenhamos que privilegias os mais vulneráveis socialmente, como negros, pobres ou deficientes. Entre essaf formas de igualar os desiguais foi criada a aposentadoria especial para pessoas com deficiência, para compensar as barreiras sociais que esses enfrentam para arranjar emprego ou comnvier na sociedade. De acordo com essa lei o deficiente teria direito a menor tempo de contribuição para poderem se aposentar. Esse tempo seria de no m-aximo 25 anos para as deficiencias leves e de no mínimo 20 anos para as deficiencias mais graves. Eu como pessoa com deficiencia física, motora e visual, essa a mais severa, discordo em parte desse lei. Eu penso que é uma forma de segregar a PCD, aumentando a sensação de incapacidade diante dos demais. Além disso, é uma contradição nós deficientes nos utilizarmos desse benefícoo depois de toda a nossa luta para entrar no mercado de trabalho através da lei de cotas. Concordo que para algumas pessoas, essa aposentadoria se faz necessária, pois algumas deficiencias são progressivas e comoo tempo, acaba as incapacitando para o trabalho. Por isso, defendo então que seja limitada a essas pessoas a aposentadoria especial. Assim como outros beneficios. Eu sei que muita gente vai discordar de mim, que posso até receber umas pequenas retalhações por causa disso, mas sem problemas, minha voz e opinião sempre destoou da cominidade deficiencia. Mas me senti na obrigação de opinar. Pensem sobre o assunto e opinem também.

4 comentários:

  1. Respeito sua opinião, porem como deficiente fazendo 50 anos e no mercado de trabalho, com CTPS assinada a quase 30 anos, posso te afirmar que sofro o efeito dos tempos e tenho problemas de saúde agravada pela dureza que minha deficiência me fez sofrer. Pense tambem nisso. Grande abraço.

    Isaque Pires - irpires@oi.com.br

    ResponderExcluir
  2. a taís eu também sou contra. ta, trabalhar é difícil, tem que pegar mais de uma condução, a gente vivensia o preconceito em fim, em fim. mais a gente se sente útil. eu não acho bom que essa lei seja regulamentada. somente pros casos mais severos. pq o que tem de deficiente folgado que vai querer aproveitar disso, ô não ta escrito.

    ResponderExcluir
  3. É um direito constitucional que precisa ser regulamentado.Ex: sou deficiênte contribui 39 anos para previdência, só agora pedi meu beneficio e ainda estou perdente 25% devido ao fator previdenciario. É justo uma pessoa com deficiencia ter que esperar 65 anos para ter um beneficio melhor?

    ResponderExcluir
  4. TAMBEM DISCORDO POIS COM APOSENTADORIA ESPECIAL MEU BENEFICIO SERIA INTEGRAL POIS SOU DEFICIENTE VISUAL DEFICIENCIA GRAVE.
    TENHO 48 ANOS DE IDADE E TRINTA E CINCO DE CONTRIBUIÇÃO, CASO SOLICITE O BENEFICIO TEREI MEU BENEFICIO REDUZIDO PELO FATOR PREVIDENCIARIO INVENTADO PELOS NOSSOS MARAVILHOSOS POLITICOS, PARABENS AO SENHOR FHC, LULA, DILMA ETC...

    ResponderExcluir

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!