sábado, 30 de junho de 2012

mais um desafio

Oioi pessoal. tudo bem? vim aqui dividir mais uma experiencia com vocês e espero que o que está acontecendo comigo sirva para ajudar alguém. relutei muito antes de escrever sobre, mas como agora sei que não estou errada, resolvi dividir com meus leitores. Fiz o concurso da prefeitura para a cidade de Itaqui e passei na cota para deficientes. Isso segundo o edital, já que lá dizia que a cada 5 pessoas ditas normais que fossem chamadas, um deficiente seria chamado. para o cargo que eu fiz tinha 11 vagas, o que de acordo com o meu entendimento do edital, queria dizer que havia 2 vagas para deficientes. Seguindo esse raciossineo, eu seria a segunda pessoa com deficiencia a ser chamada. Pois bem, chamaram 5 pessoas, o moço que passou na minha frente e mais 5 pessoas e não me chamaram. estranhei e resolvi ligar pra me informar. dai que vem a experiencia: falaram que o edital estava errado, que o que valia é a lei municipal que diz que a prefeitura pode contratar no mínimo 5% de pcd. então, segundo o entendimento da advogada da prefeitura, para me chamarem teriam que chamar 21 pessoas para que feche 5% de deficientes e não seguiria o edital. Mas ai que tá, o edital fala outra coisa bem diferente. e a lei diz que é no MINIMO 5% e não no máximo. me informei com um advogado e ele me disse que o que vale é o edital e que eu posso entrar com uma medida caltelar na justiça. Eu sempre disse que não iria entrar na justiça por um emprego e tal, mas agora é questão de honra conseguir essa vaga, já que no edital escrevem uma coisa e na prática fazem outra. vou exercer meu direito, e conto pra vocês depois no que deu. me desejem boa sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!