quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

POSTAGEM PERUÍSTICA

Ola, pessoinhas, tudo joia? Como foram de virada de ano?
A minha foi, digamos, diferente, mais reflexiva. Acho que to ficando velha, mas enfim, não é sobre minha idade chegando q vim falar. Hoje vim fazeru ma  postagem bem de patricinha, guriazinha inha. Venho falar sobre tudo que ja experimentei de cremes nas minhas jubas crespas e do que deu certo. Primeiro, la vai um resumo dos motivos que me fizeram odiar meu cabelo por um bom tempo.
Tive o cabelo liso, beeeeeeeem liso até os 6,7 anos. Até que, de repente, meu cabelo ficou todo arrepiado, estranho, nada fazia ajeitar. Minha mãe vivia passando escova e pente, tentando fazer ele ficar direito, mas nada adiantava, era o legítimo cabelo de bandido. Nem vou explicar a gracinha, tá? Depois cortei ele, de tanto q cansei dele.
Quando cortei, quase na nuca, ganhei apelidos carinhosos como ronaldinho gaucho em 2002, fernandão em 2006, e quando ele cresceu um pouco mais, meu apelido mais carinhoso era Gau Costa. Então comecei a usar de artificios para domar os cabelos, principalmente ao acordar, que sinceramente, até eu que sou cega, me assustava com a minha beleza estontiante capilar.
Dai vieram os cremes para pentear de toda a espécie. Primeiro o Ceda, que ficava mara na hora que a gente aplicava, mas assim que secava, pronto, ficava uma droga outra vez. E assim foram indo os testes infinitos, até chegar aos meus preferidos.
Em primeiro lugar, é claro, vem os da Natura. Tudo de bom, deixa os cabelos bem cacheadinhos, macios depois que seca, sem volume. Esse creme é bem caro, é claro, de 20 pila pra sima, por isso não é sempre que eu compro.
Em segundo lugar, e o que eu to usando agora, é o tresemmé. Quase se compara ao da natura, só que é mais consistente e mais barato, em torno de dez reais. Agora to usando o shampoo e quero começar a usar a linha toda.
E em terceiro lugar o eusevem idramax colágeno, não sei se é assim que escreve, mas enfim. Ele deixa os cabelos crespinhos bem legaizinhos, o problema é quando seca, que fica aqueles fris, que também não sei se é assim que escreve, mas enfim, vocês entenderam, né? O preço dele? Entre sete e dez reais, não lembro bem agora.
Eu uso eles da seguinte forma: coloco um pouco num borrifador, depois completo com agua e depois é só sacudir. Tem meninas que além da água, colocam aqueles óleos pra cabelo; eu não coloco, porque acho muita patricisse, mas pra quem gosta, fica a dica.
Adorei usar creme feito spray, dá menos trabalho e o creme fica mais levinho. Quem quiser experimentar, fica a dica, que por incrivel que pareça, aprendi com uma menina do maudito e odiado por mim BBB.
Então, gurias, essa foi a minha dica sobre cabelos ruins feito o meu. Quem achar que meu cabelo é bonitinho, utiliza. E prometo que vou procurar não dar muitas dicas peruisticas, ok? Beijos a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!