domingo, 1 de dezembro de 2013

ADEUS ANO VELHO!

Olá, pessoal. Tudo joia? Bem, numerologicamente falando, eu entrei em 2013 ontem, ou seja, meu ano novo começou ontem. Já viram uma espírita acreditando em numerologia? Pois é... Enfim, então vim postar agora os aprendizados que eu tive esse ano, que foram muitos. A principal coisa que aprendi foi o desapego. Seja por decisão própria ou obrigatoriamente, tive que desapegar de muita coisa, de sentimentos, de pessoas, de atitudes. O primeiro desapego foi de alguns sentimentos, e começaram no aniversario passado. Descobri que ficar gostando de alguém que nunca sequer me olhou como mulher era a pior furada da minha vida, e que nos momentos de alegria ou de tristeza, quando eu precisasse de alguém pra chorar ou pra dividir uma gargalhada, a pessoa não estaria aqui comigo. Então, joga fora no lixo! A segunda coisa, ou melhor, o segundo desapego foi de minha irmã. Tive que deixar o egoismo e a saudade de lado e ficar totalmente feliz com sua partida rumo aos seus sonhos. Aliás, esse foi um niver bem dificil sem ela, mas a amizade e a cumplicidade entre nós não morreu, graças a Deus. Mas a presença dela me faz falta. A terceira coisa que aprendi a desapegar foi de certas atitudes. Saí da passividade que me movia, ou melhor, que me mantinha no lugar e passei a atividade, de lutar pelas coisas que eu quero. Claro que sem perder a educação e a delicadeza, porque sinceramente, acho muito feio aquelas pessoas que acham que falar o que pensam tem que ser sinônimo de magoar e pisar nos outros. Posso demorar pra conseguir o que eu quero, porque vou comendo pelas beiradas, mas afinal de contas, a pressa é inimiga da perfeição. E também aprendi a me valorizar mais, a perceber que tenho muito mais a dar do que achava que tinha; que dar opinião sobre algum assunto não é sinal de estar desse ou daquele lado, e que não fazê-lo é sinal de falta de personalidade. Espero que o próximo ano seja ainda mais um ano de aprendizagem e de começo de uma maturidade tardia. Com certeza tenho ainda muito mais a aprender. E tenho que lembrar também que muito desse aprendizado consegui com o convivio com pessoas maravilhosas que Deus colocou no meu caminho. Pessoas que me fizeram perceber o valor que eu tenho, meu lado bonito, não fisico, mas minha beleza interna; e me fizeram ver que eu tenho muito mais a colaborar com os outros do que eu imaginava. Tenho muitos defeitos sim, mas com a ajuda de meus amigos, vou aprendendo a contorná-los e a me tornar uma pessoa cada vez melhor. Por isso, obrigada a meus amigos por esse ano tão cheio de lições, e obrigada a Deus por essa oportunidade de crescimento. Depois de tanta profundidade, desejo a todos um bom domingo e luz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!