terça-feira, 12 de novembro de 2013

JUIZES DA VIDA ALHEIA

Olá, pessoal, tudo joia? Hoje, mais uma postagem crítica. Não achei nada de noticia legal, então... Ontem, vendo o jornal sobre o crime do menino que, supostamente foi morto pelo padrasto, vi o julgamento cruel da apresentadora do SBT quanto a mãe. Ela falou da moça, de que ela escolheu o marido ao filho, que a culpa era dela, falou tanto como se fosse a pessoa mais perfeita do mundo. Depois, hoje lendo um e-mail sobre os brasileiros, alguém julgou aqueles que gostam do feriado, que odeiam levantar cedo, e dizendo que a culpa do Brasil ser ruim é dessas pessoas. Outra demonstração de perfeição! E dai me dei conta do quanto fazemos isso o dia todo; julgamos o gordo porque comeu porque quis, julgamos o separado, aquele que namora a menina ou o rapaz mais novo... Julgamos o tempo todo, como se nossa vida fosse perfeita e nós, os exemplos da moral e do belo e justo. E não percebemos que ao mesmo tempo que julgamos, estamos sendo também julgados. E tem gente que vem com a desculpa: "falam de mim, por que eu não posso falar dos outros?". A desculpa mais esfarrapada que eu já ouvi na vida. Mas não esqueçamos que, com a mesma medida que medirmos aos outros, também seremos medidos, o que vai volta sempre, sejam as palavras, as ações ou os pensamentos. No alto de nossos pedestais, não percebemos que, muitas vezes, o defeito que vemos no outro é o reflexo dos nossos próprios. Então, tomemos cuidado quando formos falar ou pensar mal de alguém. E isso também se aplica a mim, porque, nesse exato momento, estou julgando a vocês, julgadores, e muitas vezes me pego fazendo isso, até me lembrar que minha vida não é uma maravilha para que eu fique julgando alguém. Espero um dia me livrar desse defeito. Portanto, se sua vida tá perfeita, parabéns, isso significa que não precisa perder seu precioso tempo achando os defeitos alheios. Se você ainda faz isso, cuidado, antes de qualquer coisa, analise se a sua vida está em ordem, se não tem nada que os outros possam julgar em você. Se não estiver, não perca seu tempo com o outro, use ele para concertar sua vida, que como a de qualquer um, precisa de ajustes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!