segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Até onde vai a arrogancia

Olá, pessoal. Tudo joia? Estou aqui, morrendo de frio, com sono, pois dormi muito mal a noite, mas tudo bem.
Hoje vim falar sobre um tema que uma certa celebridade, ou subcelebridade, tem colocado em pauta utimamente: a arrogância. Até onde vai esse sentimento que mina qualquer outra qualidade que um ser humano pode ter?
O lutador de UFC  Anderson Silva perdeu sua última luta, dizem alguns, por arrogância de sua parte, já que desdenhou o adversário durante a luta. Desde esse dia, vem sofrendo críticas tanto por parte de jornalistas quanto por parte do público que assistiu o combate. Ontem, na coluna de Ancelmo Góes, saiu que o lutador decidiu nnão mais tirar fotos com o público, já que segundo ele, essas fotos vem sendo usadas contra si.
Esse é um clássico exemplo do orgulho e da arrogância, já que ele não admite de jeito nenhum seu erro e muito menos críticas por parte de ninguém. E quantos de nós não agimos da mesma forma? Quantos de nós adora quando recebe um elogio, mas odeia até a morte a quem nos critica e nos mostra nossos erros, onde precisamos melhorar. Deveriamos aceitar as críticas como uma ajuda para atenuarmos nossos defeitos, para nos melhorarmos como pessoas, donos de casa, profissionais; mas pelo contrário, achamos que a pessoa responsável pelas críticas está contra nós, querendo nos derrubar.
Somos todos orgulhosos por natureza, infelizmente. E é tão facil uma pessoa como eu vir aqui escrever tudo isso, mas quando chega na minha vez de aplicar o que eu prego, esqueço de tudo e mando todos que me criticam pro inferno. O dia que aprendermos a absorver as coisas boas que uma crítica nos proporciona, quanta coisa vai mudar no mundo... Se acabarão os desafetos, as vinganças, o rancor e a amargura. E quão melhor nós seremos!
Portanto, nos apoiemos nesse péssimo exemplo dessa pessoa que se diz uma celebridade para que não ajamos da mesma forma. utilizemos o melhor desse exemplo em nossas vidas para que aprendamos com as críticas a melhorarmos a cada dia, sem mágoas, sem rancor e sem inimizades gratuitas. Beijos a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!