quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Você sabe a hora de parar?

Olá povo. Hoje vim falar sobre um tema que vi ontem no programa do profissão reporter, tema delicado, aliás. O programa ontem foi sobre as mulheres alcoólatras e numa determinada parte, falava sobre os universitários de uma cidade paulista que são os que mais bebem no Brasil. Na época da reportagem, dois jovens tinham morrido por excesso de bebida. E isso me fez lembrar dos meus tempos de universitária e dos trotes que aqui fazem. Aqui o jovem bicho tem que pagar cerveja pra todo mundo, e o trote em uma determinada universidade consiste em o jovem beber até não se aguentar mais em pé. E durante a faculdade, é absolutamente normal o jovem beber até cair, e beber de tudo. Se você não bebe ou bebe pouco, você é careta, fora de moda, quadrada. E pior, contam com o maior orgulho seus porres, seu coma alcoólico, sua falta de lembranças sobre o que se sucedeu durante determinada festa. E daí fico pensando, o que serão desses universitários depois de adultos? será que pra começar, algo do que aprenderam ficou em seu cérebro com os neorônios acabados pela bebida? A mídia vende a bebida com a maior cara de pau e naturalidade, como se a bebida não seja a porta para todo o tipo de drogas,ou ainda pior, sendo droga lícita, é a mais devastadora de todas. Muitos jovens sem limites tornam-se adultos sem limites. E mesmo com limites, precisamos lembrar que a bebida é uma drora, lícita, mas uma droga. Espero que com essa reportagem alarmante de Caco Barcellos a mídia, ao envez de insentivar a bebedeira se utilize mais de seu espaço para mostrar os males que o álcool pode fazer ao ser humano. E que os jovens da próxima geração estejam mais conscientes desses riscos, que seus pais tenham maior diálogo com seus filhos sobre isso; porque mais que papel da mídia, esse é um papel da familia.

Um comentário:

  1. ooi taís! pior que eu concordo, existem muitas pessoas que bebem e se sente " as poderosas por isso", mais não pensam no mal pelo qual poderão passar, quando ficarem mais velhas. pode ter certeza de que essa bebedeira toda vai refletir no organismo de cada um desses jovens. sejam universitários, ou não!

    ResponderExcluir

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!