domingo, 20 de março de 2011

vergonha nunca mais!

Hoje vim falar sobre um tema muito sério: a vergonha de se frequentar um psicólogo. e para isso, vim falar de algo q aconteceu comigo.
A muito tempo atrás era uma menina supertimida, que mal falava e a unica coisa que sabia fazer era rir. e achava isso supernormal. até que quando comecei a faculdade, notei algo diferente.
Comecei a sentir medos, pânicos de estar com as pessoas, de estar no meio de várias pessoas. descobri que tinha fobia social e que deveria frequentar um psiquiatra.
Então, comecei a frequentar, fazer o tratamento medicamentoso e agora, sou outra pessoa. faço até aqui o compromisso de retomar velhas amizades, pois estou mais segura, mais dona de mim.
E justamente por isso é que eu falo, não tenha vergonha de admitir que tem problemas, que precisa de psicólogo e as vezes até psiquiatra. não é vergonha nenhuma admitir que precisa de ajuda.
Quando eu não tinha ajuda, vivia num mundo quase à parte e posso dizer: é muito mais legal se tratar, pois só assim você deixa de ser alguém limitado pelo problema e vira você mesmo.

Então, viva sua vida da melhor forma possivel, sejacom psicólogos, psiquiatras ou se resolvendo; o importante é ser feliz!

Um comentário:

  1. Oi dona taís!!!!!!
    gostei do que vc disse, e vc sabe q eu desdos 3 anos estou enfiada em uma clínica de psicologia, 1º por não aceitar a minha adoção.
    2º pela morte da mamãe.
    eu nunca tive vergonha de dizer isso, pois foi graças a este proficional, que eu consegui amenisar a minha dor, e me tornei um ser + flexível, um ser que não pensa apenas na sua tristeza como - o problema principal do dia-.
    me tornei alguém mais madura pra enfrentar as adiversidades da vida, hoje posso dizer que estou mais forte.

    ResponderExcluir

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!