quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

saudade...

saudades na maioria das vezes é legal, traz boas lembranças, um sentimento de felicidade em recordar. mas quando a saudade é d alguém que você gostou muito, e que já não faz mais parte da sua vida, é o pior sentimento do mundo.
e quando ela se torna constante, você parece que vai morrendo um pouco a cada dia, parece que nada mais faz muito sentido. e dai, dai, voce precisa ou escrever ou chorar. como eu não sou de chorar por muito pouco, ou por quem não me merecia, a solução é escrever.
queria ser onipotente., arrancar a saudade, esquecer como esqueço por exemplo, onde deixei a chave da porta q acabei d largar num canto. mas infelizmente, o que eu deveria esquecer não esqueço.
e dai me odeio, odeio a pessoa, odeio gostar da pessoa.... e os sentimentos se confundem dentro da minha cabeça. mas um dia, quem sabe, tudo isso passe. ou quem sabe, eu me acostume com esse sentimento e ache até normal ficar triste a cada dia...

Um comentário:

  1. Oi Taís! finalmente resolvi aparecer por aqui.
    Sabe que vc escreveu uma coisa que complementa o que eu disse no meu blog? Sem saber, escrevemos até o mesmo título! Se existe explicação pra coincidência tão impressionante, sei lá, aceite ou não, parece que nossas postagens estão interligadas, só que não necessariamente pelo mesmo motivo.
    Pois a outra pessoa, no meu caso, eu a amo, e no teu caso, você a odeia.
    é isso aí. Mas apesar da saudade, ainda temos a nossa vida pela frente...

    ResponderExcluir

comentem a vontade. estou aberta a sujestões e criticas. abraços!